31 dezembro 2009

ÉS COMO OS POLÍTICOS

Estás aí à porta, Ano Novo, aguardando que o velho se despeça para entrares também na ilusão de quem te espera.

Não te iludas tu, porém, nem acredites que podes fazer algo  de positivo na Terra, porque os que nela mandam não consentirão.

No final serás escorraçado, como todos os anos que te antecederam, e sairás  com o rabo entre as pernas, se não o deixares preso…

Não queiras vir a passar por isso. Ainda estás a tempo de escolheres.

De resto, porque és como os políticos, não poderei contar contigo para nada, e tu só interessas a quem não precisa de ti.

Não te iludas, Ano Novo, nem iludas quem te espera.

In: Sérgio O. Sá,  Do Diário de um Marginal

5 comentários:

esse disse...

Sem o sonho, o que é o Homem?

Sérgio O. Sá disse...

Obrigado "esse" (Sandra), por teres passado por cá.
S. O. S.

Fernando Pinto disse...

Caro Sérgio, pode enviar-nos o seu e-mail para manuelpiresbastos@sapo.pt

Obrigado pelo seu comentário.

Cumprimentos de Ovar

Fernando Pinto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernando Pinto disse...

Caro Sérgio:
Antes de 1946, este altar era dedicado ao Sagrado Coração de Maria, cuja imagem atualmente se encontra na Capela do Furadouro.
Discordo com a sua interpretação, pois é certo que:
1- As Irmãs do Imaculado Coração de Maria encomendaram a José Ferreira Thedim, antes de 1946, uma imagem com as caraterísticas da de Ovar, indicadas pela própria Irmã Lúcia (que as representou através de gestos que foram registados em fotografia, imagem essa que deveria servir de modelo às esculturas seguintes, e que o Reitor do Santuário de Fátima, Padre Borges, afirma num texto que escreveu, ter desaparecido).
2- Quanto à imagem de Fátima de 1920, compreendemos que mais do que a pessoa de José Ferreira Thedim, deveria ter sido a Casa de José Ferreira Thedim a reproduzi-la, com os artistas de que o José Thedim seria o principal Mestre, o que me confirmou o seu sobrinho Manuel.
3- Na Revista “Dunas” nº. 6 (2006), da Câmara Municipal de Ovar, publiquei um texto em que historio a génese dessa imagem, copiada de uma Senhora da Lapa, saída num catálogo da especialidade, cedida pela Casa Fânzeres ao cliente que a consultou, levando-a ao Mestre José Thedim. (Padre Manuel Pires Bastos, Pároco de Ovar)